Adenite (íngua) e seus tratamentos naturais

O que é Adenite (ou íngua)

A adenite, que também é conhecida como linfadenite ou íngua, ocorre quando os gânglios linfáticos inflamam, incham e se tornam vermelhos e doloridos. Essa inflamação é causada por bactéria, vírus, fungos ou protozoários que costumam chegar ao gânglio linfático através de uma infecção na pele, cortes, etc.

As adenites podem ser classificadas de acordo com a localização dos gânglios afetados ou com o agente causador:

  • Adenite mesentérica: é a inflamação dos gânglios localizados no mesentério (tecido que liga o intestino à parede abdominal), causada principalmente por infecções intestinais bacterianas. A adenite mesentérica causa febre e dor abdominal muito semelhante à apendicite aguda;
  • Adenite inguinal: é a inflamação dos gânglios da virilha, causada por uma infecção bacteriana. Os sintomas da adenite inguinal incluem dor, inchaço e vermelhidão local;
  • Adenite cervical: Inflamação dos gânglios da região da coluna cervical, ou seja, do pescoço;
  • Adenite bacteriana: Infecção do gânglio causada por bactérias.
Imagem mostrando criança com adenitre cervical
A adenite está sempre associada a alguma infecção do organismo e as causas dela devem ser tratadas

Sinais e sintomas da Adenite

Os gânglios linfáticos incham e  se tornam vermelhos e doloridos. Eles podem se tornar purulentos e a pele, até então normal, formar um edema. A adenite pode surgir em qualquer lugar do corpo mais é mais comum no pescoço, axila, virilha e abdomem.

A adenite pode afetar vários gânglios linfáticos ou acometer somente os que estão localizados numa determinada área do corpo.

 

Causas da Adenite

Ela pode ocorrer quando temos uma ferida ou infecção em nosso corpo em geral próxima ao gânglio linfático inflamado.

 

Como é diagnosticado a Adenite

A adenite é diagnosticada pela constatação visual e presença de dor nos gânglios. O médico angiologista é o responsável pelo diagnóstico e tratamento das adenites.

 

Tratamentos naturais da Adenite

É importante tratar a infecção que dá origem à adenite. É fundamental consultar ao médico para isso.

Visitar a loja do Natural & Bela

Balneoterapia

Tomar banho completo frio, de 2 a 3 minutos, uma vez por dia

Dieta

Alimentação leve, de preferência líquida, a abse de sopa de legumes e de chás diuréticos

Fitoterapia

Alga marinha que pode ser bebida ou utilizada em cataplasmas:

  • laminária: decocção de 10 g por litro. Deixar macerar 4 horas; ferver, depois adoçar. Tomar três xícaras ao dia ou utilizar em cataplasma

Calêndula (flores e folhas):

  • decocção de 20 g por litro. Tomar 3 xícaras ao dia.

Homeopatia

  • Belladonna C4 e Mercurius C4: dissolver 15 glóbulos de cada um desses remédios num copo de água; tomar 1 colher de sopa da mistura de hora em hora;

Tratamentos diversos da Adenite

  • Cataplasmas grossas de argila que devem ser conservadas por mais ou menos 1 hora (aplicar três vezes ao dia);
  • Cataplasma de folhas de repolho (três vezes ao dia), alternando com os de argila.

 

Medicamentos para a Adenite

Os tratamentos naturais podem ajudar a resolver a maior parte dos nossos problemas de saúde. Mas nem sempre é possível contar apenas com eles. Por isso indicamos alguns medicamentos não naturais que podem ser empregados. Mas lembre-se: sempre consulte um médico antes de utilizá-los.

O tratamento da adenite depende do agente que está causando a infecção. No caso das adenites bacterianas, o tratamento é feito com antibióticos, enquanto que os abscessos são drenados através de cirurgia. Em geral, os gânglios linfáticos voltam ao tamanho normal depois de tratada a infecção

 

Voltar ao índice de Guias de Doenças e seus Tratamentos Naturais