Hidroterapia – águas que curam

Entre os tratamentos considerados naturais, convém destacar aquele que, entre seus componentes terapêuticos, inclui as águas minerais retiradas diretamente do solo.

As águas minerais, por sua composição química e por seus efeitos biológicos e farmacodinâmicos, podem ser consideradas agentes medicamentosos.

Entretanto, pelo fato de muitas delas perderem suas virtudes, uma vez saídas da fonte, e correrem o risco de se alterar, tornam-se remédios de aplicação um pouco peculiar. Nesse caso, não é o medicamento que deve ir até o doente, é o doente é que deve ir até o medicamento. Para obter todos os efeitos curativos, o paciente que quiser beneficiar-se deverá, pois, sujeitar-se a fazer no local aquilo que se convencionou chamar tratamento termal.

Esse tipo de tratamento natural, que é um dos mais antigos, remonta à Antiguidade. Desde o início de nossa era, os legionários romanos já se serviam dos benefícios da reeducação funcional em piscinas termais das quais restam inúmeros vestígios na Europa.

Empírica, de início, a hidroterapia mineral, também chamada Crenoterapia, entrou atualmente no campo experimental e cientifico. Na Europa, as inúmeras pesquisas efetuadas nas estações termais desde o início deste século permitiram conhecer melhor o valor e a composição das fontes, precisar suas indicações e aperfeiçoar as múltiplas aplicações dos tratamentos.

foto mostrando tratamento de hidroterapia
O tratamento natural da hidroterapia é feita há séculos pelos seres humanos

Fazer pedidos de produtos da Avon;

Fazer pedidos de produtos da Natura;

Fazer pedidos de produtos do O Boticário;

Visitar a loja do Natural & Bela

O tratamento termal, certamente, não deve ser considerado uma panaceia universal. Em certos casos, os resultados terapêuticos obtidos são espetaculares; em outras, são satisfatórios e permitem reencontrar o equilíbrio de saúde normal. Por outro lado, em certos doentes, a aplicação de águas termais sob todas as formas não traz melhora.

Mas não é o que acontece com todas as outras terapêuticas?

Parece, contudo, que um tratamento hidromineral bem feito, e, sobretudo, aplicado desde o início do surgimento dos distúrbios orgânicos ou funcionais, terá resultados mais positivos e mais evidentes do que se tivéssemos deixado de fazê-lo. Logo, não se deve esperar muito tempo antes de se decidir ir à estação termal indicada.

Veja o que veremos em hidroterapia:

Propriedades Químicas das Águas Minerais

Classificação das Águas Minerais

Modalidades dos Tratamentos Termais

Indicações e contra-indicações dos Tratamentos Termais