Indicações da acupuntura

A acupuntura não tem nenhum risco de intoxicação medicamentosa, nem produção de efeitos colaterais, nem fenômenos de imunidade a determinados remédios pois não os utiliza.

Tem também a vantagem de agir rapidamente sobre um certo número de doenças e manifestações dolorosas.

A utilização ou não da acupuntura dependerá de uma escolha por parte do médico consultado e de sua competência quanto ao uso da técnica. No nosso site listaremos os casos em que a acupuntura pode ser recomendada.

Para quem praticou a acupuntura ou se sujeito ao tratamento por meio desse método, um fato é inegável: o funcionamento de um órgão ou sistema pode ser acelerado ou retardado pela simples aplicação de agulhas nos pontos indicados pelo diagnóstico.



Está provado que a acupuntura pode agir positivamente em casos de distúrbios funcionais e também que é capaz de conferir ao organismo um certo grau de imunização:

  • No tratamento de anemias, a simples picada dos pontos indicados pelo estado do doente faz a taxa de glóbulos vermelhos aumentar em aproximadamente um milhão, no espaço de 24 horas;
  • Com a picada de agulhas, a febre baixa em um ou dois graus em poucos minutos;

A aplicação da acupuntura não é o caso de uma sugestão, ou do que poderíamos chamar de efeito placebo. Os chineses, por exemplo, observaram que animais (que não estão sujeitos a sugestão) reagiam favoravelmente em todos os casos, enquanto nem sempre acontecia o mesmo com seres humanos. E também observaram que apenas as crianças de pouca idade (que novamente não estão sujeitas), respondem melhor à acupuntura.

Quando aplicada corretamente a acupuntura, constataram-se 90% de respostas favoráveis nas ocorrências de dores de todos os tipos, nas doenças do fígado, do coração, nas contraturas e nos distúrbios nervosos. A porcentagem é um pouco mais baixa, 60%, quando se quer agir sobre a função renal ou sobre a bexiga.

Para os chineses tradicionais existem cerca de 300 doenças tratáveis por Acupuntura, entre elas, sinusite, rinite, resfriado, faringite, amigdalite aguda, zumbido, dor no peito, palpitações, enfizema, bronquite crônica, asma brônquica, alterações menstruais, cólica menstrual, lombalgia durante a gravidez, ansiedade, depressão, insônia, mal-estar provocado pela quimioterapia, dores associadas com câncer, tendinites, fibromialgia, dores pós-cirúrgicas, síndrome complexa de dor regional, dermatites, gastrite, úlcera gástrica, úlcera duodenal, colites, diarréia, constipação, cefaléias, enxaqueca, paralisia facial, sequelas de acidente vascular cerebral, lombalgia, ciatalgia, artrose, artrite, etc..

Imagem de Tabela com algumas doenças tratáveis pela acupuntura
Tabela com algumas doenças tratáveis pela acupuntura



Dicas do Natural & Bela para após a sessão de acupuntura

A acupuntura não tem efeito colateral. Cerca de 40% dos pacientes apresentam relaxamento profundo e até sonolência.

No entanto, após uma sessão, pode surgir pequenos hematomas devido a punção de pele em alguns pontos, que desaparecem em poucas horas a dias.

Pode também haver uma pequena dor local após a estimulação de alguns pontos mais profundos. O uso de uma bolsa de água quente ou gelo é suficiente para o alívio dessa pequena dor.

Para relaxar completamente e manter a pele perfeita após a sessão recomendamos o uso de óleos corporais e hidratantes.

Você pode adquirí-los conosco na nossa loja de produtos Natura ou na loja de produtos Avon.