Notas olfativas dos perfumes e duração do perfume na pele

Ao abrir um frasco de perfume é possível sentir uma mistura de cheiros. Esse é o resultado da liberação de notas aromáticas, que ocorre de maneira lenta e gradual.

Tecnicamente, podemos dizer que a composição de um perfume é formada por substâncias voláteis com diferentes velocidades de evaporação.

figura mostrando a velocidade de evaporação de diferentes fragrâncias na pirâmide olfativa
Diferentes fragrâncias e sua velocidades de evaporação na pirâmide olfativa

O ritmo dessa evaporação é definido pelas suas notas: de saída, de corpo e de fundo. Elas precisam estar em perfeita ordem, num equilíbrio sutil e delicado, identificado na pirâmide olfativa. Essa pirâmide é dividida em três partes:

  • Notas de saída, de cabeça ou topo, que são as mais leves, frescas e voláteis e, por isso, as primeiras a serem percebidas: são responsáveis pelo impacto inicial do perfume e por isso são as primeiras notas que sentimos. Duram poucos minutos na pele (até 15 minutos). Podem ser compostas por notas cítricas (ex: limão, mandarina e laranja) ou herbais (ex: alecrim, menta e erva doce);
  • Em seguida vem as notas de corpo ou de coração, que personificam o perfume: são exaladas quando o perfume começa a ser absorvido pela pele e por isso evaporam mais lentamente. Essas notas olfativas são mais encorpadas e são sentidas entre 15 minutos e 4horas após a aplicação. Geralmente fazem parte desse grupo Flores (jasmin, rosa, gerânio) e Frutas não cítricas (ex: framboesa e pêssego)
  • Por último, as notas de fundo ou de base, que sãos as bases (como o nome sugere) da fragrância: são as últimas a serem sentidas, são mais densas e substanciais. São menos voláteis e fixam intensamente. Dão peso e calor ao perfume e mescladas às demais notas, dão a identidade final ao perfume. Em geral, vêm de especiarias (ex: gengibre, noz moscada), madeiras (ex. cedro e pinho), animais (ambas e musk), alimentos (ex: café, caramelo) e resinas (incenso). Podem ou não ser adocicadas.
Tabela com as notas olfativas dos perfumes
As notas olfativas de um perfume tem uma importância muito grande na duração dele sobre a pele

Duração do perfume na pele

É comum ouvirmos falar em fragrâncias com forte, ou fraco, poder de fixação, ou seja, que persistem por várias horas. Mas esse efeito não é mérito apenas de um agente fixador, como se acredita.

Muitas pessoas acreditam que a duração de uma fragrância na pele depende do fixador utilizado no perfume. Muitas até associam a qualidade dos fixadores utilizados aos perfumes mais caros.

Na verdade, a duração do perfume na pele se deve às notas de fundo. Essas notas tem ingredientes mais densos e persistentes, fazendo que o perfume fique mais tempo na pele:

  • Quanto maior a harmonia entre as notas que compõem uma fragrância, maior o tempo de fixação na pele;
  • O tipo de pele e o clima também têm relação direta com a fixação;
  • Utilizadas em regiões de clima mais frio as fragrâncias levam mais tempo para evaporar.

Por isso, lembre-se que no perfume, a fixação não é sinônimo de qualidade.

Existem perfumes excelentes que não são muito duradouros e perfumes de longa duração pouco agradáveis. Às vezes é melhor uma satisfação intensa de poucas horas do que 24 horas usando algo extremamente enjoativo.

Como reconhecer as notas olfativas

Reconhecer a fragrância das notas olfativas é como aprender a tocar piano ou andar de bicicleta. É necessário muito treino. A habilidade para reconhecer as notas olfativas não pode ser expressada em palavras e só se desenvolve com o tempo.

Um outro aspecto que torna ainda mais complicado o reconhecimento das notas olfativas é que muitos extratos tem fragrância diferente quando estão num perfume comparado à sua fórmula original.

O melhor exercício de reconhecimento das notas olfativas é comparar as fragrâncias. Selecione três ou mais perfumes que tenham uma mesma nota e comece a perceber o que eles têm em comum.

Voltar para Perfume: um guia para acertar sempre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.